Festival de golos no Dragão, com o FC Porto a alcançar a vitória mais gorda da temporada (7-0) perante um Portimonense remendado, sobretudo na defesa, e completamente inofensivo no ataque. Com este resultado, os azuis e brancos garantem a entrada direta na Liga dos Campeões da próxima época e aumentam provisoriamente para nove pontos a vantagem sobre o Sporting, que recebe no domingo o Benfica.

Taremi brilhou com um 'hat-trick', Evanilson bisou e Pepe estreou-se a marcar esta temporada (Grujic também faturou), ajudando a equipa portista a reforçar o recorde de invencibilidade na I Liga para 58 jogos.

No caso de o Sporting não vencer o dérbi, o FC Porto poderá sagrar-se campeão nacional já na próxima jornada, na qual se desloca a Braga, a 25 de abril, dia em que os leões defrontam o Boavista no Bessa.

Veja o resumo

Sérgio Conceição fez apenas uma alteração no onze inicial, com Evanilson a entrar para o lugar de João Mário (os dragões voltavam a jogar com dois avançados) e Pepê a descer para a posição de lateral direito. Nos algarvios, Paulo Sérgio manteve apenas quatro dos titulares na última jornada e surpreendeu ao deixar no banco Samuel Portugal, habitual dono da baliza, sendo rendido pelo iraniano Payam Niazmad.

A fazer a estreia na I Liga, o guardião dos algarvios segurou sem problemas o remate madrugador de Fábio Vieira (3’), que voltou a criar perigo minutos depois, num cruzamento que só não parou na cabeça de Evanilson devido ao corte decisivo de Lazaar.

Numa altura em que o Portimonense ainda tentava assentar no jogo, o FC Porto aproveitou uma saída rápida para marcar. Otávio ganhou um ressalto e abriu na esquerda para Fábio Vieira, o internacional sub-21 cruzou rasteiro para Taremi, que recebeu no meio de dois centrais, rodou e atirou sem hipóteses para Payam, assinando o seu 20.º golo em todas as competições.

VÍDEO: Taremi faz o 1-0

A equipa azul e branca estava ciente das debilidades defensivas do Portimonense, que jogava sem um central de raiz, e foi com naturalidade (e facilidade) que chegou à goleada ainda antes do intervalo.

Aos 28 minutos, na sequência de um canto à direita, o desvio de Taremi ficou perdido nas pernas de um defesa, mas o iraniano conseguiu sacudir para a zona de Grujic e o sérvio aumentou a vantagem. Pouco depois, Lazaar carregou Otávio sobre as costas e o árbitro não teve dúvidas: grande penalidade. Frente a frente com o companheiro de seleção, Taremi enganou Payam e atirou para o meio da baliza.

VÍDEO: Grujic faz o 2-0

VÍDEO: Taremi faz o 3-0

A cinco minutos do intervalo, numa grande jogada coletiva, Otávio abriu em Pepê e este deixou para Evanilson, que na cara de Payam, faz o 4-0. Há quatro anos que o FC Porto não marcava quatro golos na primeira parte.

VÍDEO: Evanilson faz o 4-0

Ao intervalo, Sérgio Conceição aproveitou para refrescar a equipa, já a pensar na meia-final da Taça contra o Sporting (entraram Wendell e Francisco Conceição), mas o FC Porto não abrandou e, logo a abrir a segunda metade, festejou o quinto golo da noite: cruzamento perfeito de Fábio Vieira ao segundo poste e Taremi, num cabeceamento de cima para baixo, a fazer o ‘hat-trick’.

VÍDEO: Taremi faz o 5-0

O festival de golos prosseguiu no Dragão - deu até para Pepe estrear-se a marcar esta temporada, aproveitando uma saída em falso de Payam, depois de um canto de Vitinha. Aos 60' Taremi disparou ao poste, Francisco Conceição, mais rápido que a defesa algarvia, recolheu o ressalto e serviu Evanilson para o 7-0 final.

VÍDEO: Pepe faz o 6-0

VÍDEO: Evanilson faz o 7-0

O avolumar do resultado autorizou Sérgio Conceição a fechar a substituições, com o FC Porto a baixar consideravelmente o ritmo, apesar de mais algumas oportunidades criadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.