O FC Porto venceu este domingo o Desportivo de Chaves por 4-0, em jogo a contar para a 22ª jornada, e recuperou a liderança do campeonato nacional com dois golos de Soares, um de Marega e outro de Sérgio Oliveira já em cima do apito final.

Depois de vencer o 'clássico' com o Sporting na Taça de Portugal no Estádio do Dragão, o FC Porto foi hoje a Chaves arrancar um importante triunfo na véspera de regressar às competições europeias. Talvez a pensar no jogo com o Liverpool da próxima semana, Sérgio Conceição apostou na titularidade de Maxi Pereira e Jesús Corona frente ao Desportivo de Chaves e 'resguardou' Brahimi e Ricardo Pereira no banco de suplentes.

Em Chaves, o FC Porto entrou determinado em abrir o marcador rapidamente e logo aos 2' minutos um remate de Hector Herrera colocou em sentido o guarda-redes António Filipe que evitou com uma grande defesa o golo inaugural.

A jogar em casa, o Desportivo de Chaves não se encolheu frente aos 'dragões' e aos 6' minutos reagiu por intermédio de Djavan com o jogador flaviense a tentar furar com perigo no lado direito da defesa do FC Porto, mas acabou no chão a pedir grande penalidade de Maxi Pereira. Artur Soares Dias estava por perto e mandou seguir o jogo.

Aos 11' minutos, o FC Porto voltou a estar perto de abrir o marcador mas Domingos Duarte travou um remate de Soares em cima da linha de golo. Otávio lançou Soares em profundidade com o avançado brasileiro a passar por António Filipe e a rematar cruzado, mas o defesa central do Desportivo de Chaves foi providencial e evitou o golo inaugural.

Apesar da boa réplica dos jogadores de Luís Castro, a equipa de Sérgio Conceição acabou mesmo por abrir o marcador aos 15' minutos com um remate cruzado de Soares depois de um passe de Sérgio Oliveira. O avançado brasileiro conseguiu entrar pelo lado esquerdo e aguentando a pressão de Filipe Melo rematou cruzado para o 1-0.

A vencer por 1-0, os índices de confiança da formação portista aumentaram exponencialmente, mas nem por isso o Desportivo de Chaves esmoreceu na sua luta por outro resultado. Aos 22' minutos, Matheus Pereira arranjou espaço para rematar uma autêntica bomba mas valeu ao FC Porto uma soberba intervenção de José Sá que com uma enorme defesa salvou a vantagem portista.

O jogo estava animado e a ser bem disputado com muito espaço para jogar. Aos 28' minutos, Maxi Pereira sobe até à área contrária e tenta o cruzamento. O lateral uruguaio perde tempo no compasso de espera, mas o cruzamento acaba por sair 'redondinho' para um enorme golo de Soares. O avançado brasileiro recebe o esférico e de primeira remata de primeira no ar para o 2-0.

Antes do intervalo, o FC Porto poderia ter chegado ao terceiro golo, mas Marega atirou com muito perigo ao lado do poste esquerdo da baliza do Desportivo de Chaves. Mattheus Pereira ainda tentou relançar a partida com uma grande jogada, mas Davidson, em zona central, acaba por ser desarmado e não consegue finalizar.

No segundo tempo, a equipa de Sérgio Conceição voltou a marcar no jogo aos 57' minutos por intermédio de Marega. O avançado maliano aproveitou um passe de calcanhar de Otávio para rematar ao segundo poste para o 3-0. A bola ainda desvia em Felipe Melo e acaba por trair o guardião flaviense.

A perder por 3-0, o Desportivo de Chaves acusou o golo de Marega e não conseguiu a criar mais oportunidades flagrantes de golo. A equipa de Sérgio Conceição baixou o ritmo de jogo a pensar nas competições europeias mas ainda marcou um golo num grande momento de Sérgio Oliveira. O médio portista recebe uma bola de Herrera aos 91' minutos e num remate à meia volta fixou com estilo um triunfo por 4-0.

Com este resultado, o FC Porto passou a somar 55 pontos, mais dois do que o Benfica (mais um jogo disputado) e cinco do que o Sporting que joga esta tarde com o Feirense.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.