O FC Porto venceu, este domingo, o Deportivo da Corunha por 4-0, em jogo de apresentação da equipa azul e branca para a nova temporada de futebol que está quase a começar. A equipa de Sérgio Conceição venceu sem dificuldades perante um Estádio do Dragão lotado (47.609 espectadores). Aboubakar (2) e Corona fizeram os golos desta tarde.

Conceição, 29 jogadores e sem os D.A.M.A. Assim foi a festa de apresentação no Dragão
Conceição, 29 jogadores e sem os D.A.M.A. Assim foi a festa de apresentação no Dragão
Ver artigo

Pouco depois das 18 horas, e depois da demonstração do novo autocarro nas imediações do estádio e da atuação da banda Mundo Segundo (que substituiu os D.A.M.A. depois de estes terem sido 'desconvivados'), os jogadores do FC Porto subiram ao relvado do Dragão para se apresentarem um a um.

Plantel do FC Porto 17/18: Iker Casillas, Maxi Pereira, Bruno Martins Indi, Ivan Marcano, Hernâni, Brahimi, Aboubakar, Óliver, Marega, José Sá, Alex Telles, Mikel Agu, Rafa Soares, Héctor Herrera, Jesus Corona, João Carlos Teixeira, Miguel Layún, André André, Ricardo Pereira, Danilo Pereira, Diego Reyes, João Costa, Otávio, Vaná, Sérgio Oliveira, Felipe, Tiquinho Soares, Diogo Dalot e Rui Pedro.

FC Porto goleia no quarto triunfo da pré-temporada
FC Porto goleia no quarto triunfo da pré-temporada
Ver artigo

Quanto ao onze inicial utilizado por Sérgio Conceição, o novo treinador portista repetiu o mesmo que tinha utilizado contra o Portimonense, demonstrando que já tem uma equipa inicial base.

Onze inicial do FC Porto: Casillas; Ricardo, Felipe, Marcano e Alex Telles; Corona, Danilo, Oliver Torres e Brahimi; Tiquinho Soares e Aboubakar.

Aos 14 minutos, numa jogada de insistência do FC Porto, com Brahimi a cruzar para Corona e este a rematar ao poste, mas o camaronês Vincent Aboubakar, à segunda, marcou o primeiro golo do FC Porto.

O FC Porto foi a melhor equipa no primeiro tempo, muito ofensivo e ponderada nas decisões, apesar das boas réplicas da formação galega. Fruto desse esforço resultou no segundo golo, aos 43', por intermédio, novamente, de Aboubakar, após um bom trabalho ofensivo da equipa caseira.

No segundo tempo, e com o equipamento alternativo laranja, o FC Porto apresentou-se menos agressivo, até porque Sérgio Conceição preferia estudar melhor o seu plantel. Apesar da tranquilidade, os Dragões chegaram ao terceiro tento aos 55’, após falha defensiva dos espanhóis e com Corona a aproveitar para marcar, já num ângulo apertado.

Com o 3-0 no marcador, e os adeptos felizes, Conceição aproveitou para fazer entrar José Sá, Diego Reyes, Otávio, Maxi Pereira, Layún, Herrera, Marega, Hernâni, João Teixeira, Sérgio Oliveira, ou seja, praticamente uma equipa nova nos últimos 20 minutos da partida.

Já com os pensamentos noutro lugar que não no Dragão, o Deportivo consentiu o quarto golo (88') ao FC Porto, desta vez marcado por Marega, após falha incrível de Rober, que entregou a bola ao avançado francês para fechar o marcador.

O FC Porto, que ainda um particular com o Gil Vicente, estreia-se no campeonato a 09 de agosto, frente ao Estoril-Praia, e a equipa de Sérgio Conceição deixa boas indicações neste jogo-festa para a nova época de futebol.

Veja todos os golos do jogo de apresentação do FC Porto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.