A celebrar esta segunda-feira o seu 127º aniversário, o FC Porto está a assinalar a data com a revelação dos vencedores da edição 2020 dos 'Dragões de Ouro', que distinguem as personalidades que, ao longo do último ano, mais se destacaram no clube.

Pepe, defesa-central de 36 anos, que em 2019/20 ajudou o clube a conquistar o título de campeão nacional de futebol, foi distinguido com o galardão de Atleta do Ano.

Ao entregar o troféu ao jogador, Pinto da Costa lembrou outro que já tinha entregue ao defesa no passado. "Já te dei um 'Dragão de Ouro' em 2006, mas tenho a sensação de que este é o que tem mais justiça de todos os que entreguei, por tudo o que fizeste para a nação portista", sublinhou o presidente do FC Porto.

Já Pepe, agradeceu o reconhecimento. "Tem um sentimento especial, estou muito nervoso, receber o 'Dragão de Ouro' é extremamente gratificante, é o reconhecimento daquilo que dou a cada dia pelo clube, um sentimento que não dá para descrever. Agradeço ao presidente, porque deu essa possibilidade de poder voltar ao meu clube, um clube pelo qual tenho muito carinho, a coragem que teve por me trazer de volta a casa, quando outros diziam que era difícil voltar. Poderia ter escolhido outra opção, mas quis este desafio, queria voltar para poder dar o meu contributo no que fosse preciso, dentro e fora de campo. Só tenho de agradecer ao presidente, ao clube, aos companheiros e ao treinador também. Foi um ano difícil, mas conseguimos ser campeões. Vamos voltar a lutar para, quem sabe, podermos festejar todos juntos novamente", sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.