O mercado de transferência em Portugal fecha a 6 de outubro e o FC Porto pretende encaixar 60 milhões de euros em vendas até essa data, segundo escreve o jornal 'A Bola'. Faltam, portanto, onze dias.

A SAD do FC Porto já sabe quem são os jogadores com os quais pode chegar a esse valor, por exemplo, Alex Telles, Zé Luís, Diogo Leite e Tomás Esteves. Além destes, os dragões têm ainda os casos de Diogo Queirós, Fernando Andrade e Yordan Osorio, que não entram nas contas de Sérgio Conceição para esta temporada.

Os dragões querem equilibrar as contas do clube e sabem que se venderem alguns dos jogadores mencionados acima podem chegar aos 60 milhões de euros que traçaram como meta.

Os casos pendentes no plantel do FC Porto
Os casos pendentes no plantel do FC Porto
Ver artigo

Alex Telles é o principal ativo entre os referidos e está perto de deixar o Dragão rumo ao Manchester United a troco de cerca de 20 milhões de euros, ou seja, um terço do objetivo portista. Também Zé Luís tem somado vários interessados na sua contratação, nomeadamente Fenerbahçe, Besiktas e Celta de Vigo.

Diogo Leite é outro dos jogadores que pode render uma boa verba aos cofres portistas, que pretendem receber 20 milhões de euros por uma eventual venda do jovem defesa.

O FC Porto tem assim onze dias para receber vários casos bicudos no plantel e amealhar os 60 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.