Sérgio Conceição foi punido com 30 dias de suspensão e multado em 10.200 euros pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Na base do pesado castigo ao técnico do FC Porto está a confusão com o treinador adjunto do Casa Pia, Vasco Matos, no jogo entre os dragões e gansos, da 32.ª jornada da I Liga 2022/23, disputado no dia 14 de maio de 2023.

Vasco Matos, que na altura era adjunto de Filipe Martins, mas que se mudou para os Açores para ser o treinador principal do Santa Clara, foi também punido com 30 dias de suspensão e multado em 4080 euros.

Dos restantes processos instaurados pelo CD da FPF, o quarto árbitro do desafio, Hélder Carvalho, foi punido com uma repreensão por “erro nos relatórios e atraso no seu envio”.

Os outros três elementos da equipa de arbitragem liderada por Manuel Oliveira e os dois delegados designados pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional viram os respetivos processos serem arquivados, face à “inexistência de prova de qualquer ilícito disciplinar”.

Com este castigo, Sérgio Conceição poderá falhar a Supertaça de Portugal, entre o FC Porto e o Benfica, marcado para o dia 09 de agosto, em Aveiro.

Fonte do FC Porto disse à agência Lusa que será apresentado recurso junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), com uma providência cautelar, na perspetiva de suspender a aplicação do castigo e assegurar a presença de Sérgio Conceição na decisão do troféu.

Tudo aconteceu com um golo assinado por Danny Namaso já no período de descontos. O atacante inglês marcou aos 90+3', colocando o FC Porto a vencer por 2-1, com o Dragão a explodir de alegria, dando aso a muitos festejos por parte de adeptos, jogadores e staff azul e branco e os ânimos exaltaram-se, com Sérgio Conceição a fazer um gesto polémico em direção ao banco do Casa Pia (parecendo aludir a um eventual pagamento que os gansos iriam deixar de receber) e a travar também uma acesa troca de palavras com Vasco Matos, adjunto do Casa Pia.

VEJA O GESTO POLÉMICO DE SÉRGIO CONCEIÇÃO

Após o apito final, geraram-se igualmente momentos de confusão entre elementos das equipas técnicas das duas equipas no centro do relvado, com os elementos do Casa Pia.

Na conferência de imprensa que se seguiu à partida, Sérgio Conceição desvalorizou o sucedido: "Com o Filipe Martins não se passou nada. Houve elementos do banco de suplentes, situações do jogo, da paixão do jogo, de grandes emoções... faz parte".

Filipe Martins, treinador do Casa Pia, fez o mesmo: "Quando as pessoas estão dentro de um campo de futebol, a nossa tensão é exacerbada, é normal que muitas vezes se cometam excessos. São coisas do futebol e não quero comentar isso. Infelizmente, são coisas que acontecem e que vão acontecer mais vezes, mas não vamos dar demasiada relevância a esse episódio".

VEJA A CONFUSÃO NO FINAL DO ENCONTRO

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.