Marega, que passou pelo Vitória de Guimarães antes de se transferir para o FC Porto, pediu para abandonar a partida no D. Afonso Henriques depois de ter sido vítima de insultos racistas.

Decorria o minuto 70 quando Marega pediu a sua própria substituição. O avançado portista marcou o 2-1 e os adeptos do V. Guimarães não gostaram dos festejos do maliano.

Alegadamente, Marega acabou mesmo por ser alvo de insultos racistas, pedindo ao treinador para abandonar a partida. Os responsáveis do FC Porto tentaram impedir, mas o avançado maliano estava determinado. Vários companheiros de equipa e alguns adversários tentaram demovê-lo, mas a decisão estava mesmo tomada por parte de Marega.

Veja as imagens do momento

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.