A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) determinou hoje o cumprimento de um minuto de silêncio em memória dos internacionais Ângelo Martins e Augusto Matine, a cumprir este fim de semana em todos os jogos das suas competições.

Bicampeão europeu pelo Benfica, Ângelo Martins morreu a 11 de outubro aos 90 anos e, dois dias depois, Augusto Matine, que se evidenciou no clube ‘encarnado’ e no Vitória de Setúbal, morreu aos 73 anos.

Ângelo Martins é considerado um dos “símbolos” da história do Benfica, clube que representou entre 1952 e 1965 e pelo qual conquistou duas Taças dos Campeões Europeus, utilizado nas finais de 1961 com FC Barcelona (3-2), e 1962 com Real Madrid (5-3).

Matine representou o Benfica entre 1967 e 1973, com uma passagem pelo Vitória de Setúbal pelo meio. Entre 1973 e 1976, voltou a jogar pela equipa sadina, antes de envergar igualmente as camisolas de Portimonense, Lusitano de Évora, Desportivo das Aves, Estrela da Amadora e Torralta.

Nascido em Lourenço Marques (atual Maputo), em Moçambique, Matine enveredou, mais tarde, pela carreira de treinador, orientando o Estrela da Amadora, a seleção de Moçambique, o Ferroviário de Maputo e o Desportivo de Maputo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.