A GNR impediu, na madrugada desta sexta-feira, a ocorrência de confrontos entre adeptos de Vitória de Guimarães e Braga, esta sexta-feira, um dia depois do triunfo dos 'arsenalistas' no dérbi entre as duas equipas (3-2). Os confrontos teriam sido marcados para um parque de lazer das Caldas das Taipas, em Guimarães, após o jogo no Estádio Municipal de Braga.

De acordo com um comunicado do Comando Territorial de Braga, foram detidos dois homens, de 21 e 23 anos, por posse de armas proibidas.

"Na sequência de uma denúncia de que grupos de adeptos, de dois clubes de futebol rivais, iriam envolver-se em agressões e provocar desacatos, foram de imediato mobilizados para o local os meios necessários da GNR, tendo sido possível evitar que tais confrontos se concretizassem. No local do encontro, um parque de lazer, foi identificado e constituído arguido um homem, de 19 anos, por posse de artigos pirotécnicos, dois very light, e identificados outros cinco homens com idades entre os 19 e os 22 anos, na posse de dois tacos de snooker", pode ler-se no referido comunicado.

"Ainda na sequência de informações recolhidas no local, foi intercetada uma viatura onde seguiam uma mulher e três homens, transportando um bastão de metal e um ferro com 30 centímetros, tendo sido detidos dois homens, por posse de arma proibida. Foram ainda identificados os outros dois indivíduos, um homem e uma mulher, de 19 e 20 anos, respetivamente. Os detidos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal de Guimarães", acrescenta o Comando Territorial de Braga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.