Um golo de Ricardo Silva garantiu este domingo o triunfo do Vitória de Setúbal sobre o Beira-Mar, por 1-0, em jogo da quinta jornada da Liga de futebol, num jogo que o empate teria sido o resultado mais justo.

A equipa de Bruno Ribeiro entrou bem no jogo e poderia ter marcado logo aos dois minutos, mas Jorge Gonçalves falhou o remate, desperdiçando a primeira oportunidade de golo da partida.

Na equipa do Beira-Mar, Cristiano, que haveria de sair lesionado, aos 34 minutos, também foi perdulário, aos seis, permitindo que Miguelito desviasse a bola para canto ainda antes de concretizar o remate.

As primeiras oportunidades de golo, uma para cada lado, deram o tom para uma partida equilibrada, nem sempre muito bem jogada, mas com jogadas de perigo junto das duas balizas.

Um remate rasteiro de José Pedro, que passou junto ao poste esquerdo da baliza de Rui Rego, e outro de Douglas, que correspondeu de cabeça a um livre marcado por Artur no flanco esquerdo do ataque aveirense, foram alguns dos melhores lances da partida do Bonfim.

Apesar do equilíbrio, pertenceram ao Beira-Mar as melhores oportunidades para inaugurar o marcador, a última das quais por intermédio de Nildo, aos 45 minutos.

O guarda-redes Diego defendeu o remate de Nildo para a frente e depois a recarga de Balboa, anulando a última jogada de perigo na etapa inicial.

No início da segunda parte, o treinador do Vitória de Setúbal trocou Neca e Pitbull por Bruno Amaro e Rafael Lopes, mas o Beira-Mar continuava a ser equipa mais esclarecida, provocando algum desalento nos adeptos sadinos.

Mais feliz, o Vitória de Setúbal acabou por inaugurar o marcador aos 68 minutos, na sequência de um pontapé de canto cobrado por Bruno Amaro, com Ricardo Silva a entrar de forma fulgurante e a rematar de cabeça sem hipóteses de defesa para Rui Rego.

O Vitória de Setúbal melhorou depois do golo e tornou-se mais perigoso no ataque, enquanto o Beira-Mar perdeu a clarividência, não conseguindo melhor do que um remate perigoso de Joãozinho, que passou sobre a baliza de Diego, já em tempo de descontos.

O Vitória de Setúbal acabou por arrecadar os três pontos por ter sido a equipa mais eficaz na concretização, mas, pelo que fez na etapa inicial, o Beira-Mar não merecia sair derrotado do Bonfim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.