O treinador do Nacional reconheceu esta sexta-feira que a situação da equipa não é a melhor, mas garantiu que está empenhada em dar a volta no jogo de sábado frente ao Paços de Ferreira, da quinta jornada da Liga de futebol.

Ivo Vieira garantiu, no entanto, que o Paços de Ferreira não irá encontrar o mesmo adversário que defrontou e perdeu com o Vitória de Guimarães (4-1) e Académica (4-0) nas duas últimas jornadas.

«Há que reconhecer que não atravessamos uma boa fase, essa é a realidade, mas sinto os jogadores muito moralizados e com vontade de dar a volta à situação», disse Ivo Vieira em conferência de imprensa.

Apesar de tradicionalmente fazer bons resultados na Choupana, o técnico dos “alvinegros” deixou um aviso: «Sabemos que iremos defrontar um adversário muito forte, mas posso garantir que o Paços de Ferreira não vai encontrar um adversário igual, como aconteceu com o Vitória de Guimarães e com a Académica».

A pressão de conseguir a primeira vitória na Liga e o espetro de uma «chicotada psicológica» foram aspetos também comentados por Ivo Vieira: «Todos nós estamos pressionados, vivemos de resultados. No meu caso, sou o principal responsável pela equipa, mas tenho grande confiança no trabalho que estou a desenvolver e acredito que no sábado as coisas vão correr melhor e vamos iniciar uma nova fase».

O Nacional defronta o Paços de Ferreira às 19h15 de sábado, no Estádio da Madeira, no Funchal, em jogo relativo à quinta jornada da Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado pelo portuense Rui Costa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.