Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, negou em entrevista à Sport TV que Darwin Nuñez, contratado esta época pelas 'águias', possa deixar o clube num futuro próximo, como Jorge Jesus o deu a entender depois do hat-trick do avançado uruguaio na Liga Europa, ante o Lech Poznan, na passada semana.

"Com a pandemia não sei, mas sem pandemia era a venda mais cara do Benfica. Não tenho dúvida que este jogador vai ser top no mundo. Infelizmente dentro de pouco tempo vou perdê-lo", afirmou na altura o treinador dos 'encarnados'.

Agora, Vieira, na entrevista que concedeu à Sport TV em virtude das eleições para a presidência do Benfica, garantiu que o urguaio não deixará tão depressa o clube e explicou que até chegou a conversar com Jesus sobre o assunto naquela noite.

"Não... Como é que é possível? O Jorge [Jesus] às vezes fala demais. Ele fala muito, às vezes. Eu por acaso tive uma conversa com ele à noite, depois de ele dizer isso. Disse-lhe 'Mas oh Jorge, desculpa lá...onde é que existem 150 milhões de euros para ele neste momento no futebol?'. E ele: 'Ah! A cláusula é essa? Então pronto'. Agora, não há dúvida que estamos na presença de um jogador top. Ele sabe, mas isto não é chegar e vender", garantiu o líder máximo do clube da Luz.

Darwin Nuñez, contratação mais cara da história do Benfica e do futebol português, chegou às 'águias' no último mercado de transferências, vindo do Almeria, a quem o Benfica pagou 24 milhões de euros. Soma três golos e cinco assistências em seis jogos desde que chegou ao clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.