Jorge Jesus não queria comentar um dos temas do dia do Benfica mas lá acabou por dar a sua opinião. Esta segunda-feira, Bernardo Silva, jogador do City que fez toda a sua formação no Benfica, deixou críticas à atual direção liderada por Luís Filipe Vieira e pediu mudanças no clube, nas próximas eleições.

Questionado sobre o tema, Jorge Jesus criticou o internacional português por estar a ser... ingrato.

"Não queria falar nisso, mas já que me coloca a pergunta... Durante muitos anos, nunca quis falar muito disso, porque ele durante muitos anos se meteu comigo do ponto de vista da relação treinador/jogador. Comigo, tudo bem... Agora com o presidente do clube que o ajudou a crescer, que dá todas as condições aos jovens como ele de sair para clubes melhores.... É uma ingratidão muito grande e o pior defeito que uma pessoa pode ter é ser ingrato. Pode ter ideias diferentes, não pode é ser ingrato", atirou o técnico.

Vieira reage ao post de Bernardo Silva: "É impensável ter sido ele a escrever aquele texto. Alguém se serviu dele"
Vieira reage ao post de Bernardo Silva: "É impensável ter sido ele a escrever aquele texto. Alguém se serviu dele"
Ver artigo

A seguir, Jorge Jesus detalhou a conversa que garante ter tido com Bernardo Silva, antes de este deixar o Benfica e ingressar no Mónaco.

"Às vezes ele dava-me umas 'facadazinhas' sobre a posição de lateral-esquerdo. O que vou dizer é verdade. Vamos falar nisso, porque já passaram muitos anos. Eu era treinador do Benfica e fui eu quem subiu para a equipa principal, fui eu que o levei para a digressão de pré-época. Quando chegamos a Portugal, ele pergunta-me: 'Mister, quais são as suas ideias para mim?'

'As ideias que tenho para ti? Então tu subiste à equipa principal'.

'Não, não... Quero saber... se jogo'.

'Se jogas? Se jogas onde, explica-me lá? Sai o Nico e jogas tu? Sai o Salvio e jogas tu? Então que queres que faça?'

'Mas eu tenho possibilidade de sair e peço que o míster me deixe sair, pois tenho um contrato onde posso ganhar vinte vezes mais no Mónaco e preciso ajudar a minha família'

'Então vai falar com o presidente'.

'Esta é que foi a verdade de o Bernardo Silva ter saído do Benfica. Não foi por o ter metido a lateral esquerdo'", explicou Jesus, antes de dar o exemplo de um reforço do Benfica para esta época.

"Everton chegou agora e já fez alguns treinos a lateral esquerdo para aprender. Estou a contar a verdade passados estes anos todos porque ele foi ingrato com o presidente do Benfica, não soube compensar aquilo que o Benfica e o presidente fizeram por ele", criticou o técnico.

A dois dias das eleições do Benfica, à qual concorrem Luís Filipe Vieira, João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva e Luís Miguel David, Bernardo Silva, formado no clube, elencou na rede social Twitter uma série de situações para justificar o pedido de mudança.

Bernardo Silva sustentou que os adeptos não merecem “um Benfica sem capacidade para competir na Europa”, que “a melhor formação saia” do clube, “a associação a centenas de processos judiciais e de corrupção” e “os esquemas, mentiras e tentativas de OPA ilegais”.

No texto, o jogador, de 26 anos, lembra que gosta demasiado do clube, no qual cresceu, para deixar de dizer o que pensa e sente.

Bernardo Silva agradece também a Manuel Vilarinho por salvar o clube em 1997 e a Luís Filipe Vieira pela reconstrução “de maneira notável”, que todos os benfiquistas reconhecem, mas diz que os tempos atuais são de relaxamento e falta de ambição.

Na mesma linha crítica, Bernardo Silva questiona a estratégia do canal do clube nestas eleições, sem debates, e “à disposição de uma pessoa”, sublinhando a “falta de respeito” pelos sócios, “silenciados” em assembleias-gerais, com insultos e agressões.

Uma posição que leva o jogador a pedir que os sócios escolham um caminho diferente nas eleições de quarta-feira.

“Uma mudança para melhor e que consiga voltar a meter o Benfica num patamar internacional. Mais ambição, seriedade, transparência e competência. E eleições é a melhor forma de nos certificarmos que o Benfica fica no caminho certo. Que ganhe o melhor candidato, cá estaremos para apoiá-lo, sempre com espírito crítico e com a exigência que ser do Benfica impõe”, conclui o jogador.

*Artigo atualizado às 23h54

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.