“No ano passado, o Benfica fez uma pré-época com todo o grupo, este ano está a fazer com alguns jogadores uma pré-época no campeonato, em especial com os jogadores que estiveram no Mundial. Isso está a custar-nos caro”, referiu.

Em declarações à BenficaTV, Jorge Jesus disse que, no sábado, frente ao Vitória de Setúbal, espera “uma boa resposta da equipa”, que soma duas derrotas nas duas primeiras jornadas, e que “o Benfica esteja ao nível do que é capaz”.

“A pressão do Benfica é sempre a mesma. Tem sempre de jogar pelos três pontos. Amanhã (sábado) o objectivo é somar esses três pontos. Os jogadores estão preparados para sair para qualquer jogo com a pressão de ganhar”, adiantou.

Sobre o adversário, Jesus considerou que “o Setúbal está muito mais forte do que no ano passado”, em que perdeu 8-1 na Luz, e que o Benfica vai “encontrar um adversário forte e motivado pelos quatro pontos já conquistados na Liga”.

“É um treinador novo, os jogadores também são outros. Nada é comparável a esse jogo. As duas equipas estão em situações diferentes. A única comparação que queremos ter é ganharmos o jogo”, referiu.

Na quinta-feira, o Benfica ficou a conhecer os adversários na Liga dos Campeões, em que vai defrontar o Lyon, Schalke 04 e Hapoel Telavive.

“Não me importo muito com os sorteios. Tenho o máximo respeito por qualquer adversário. Tenho confiança na minha equipa. Não me importam o nome dos adversários. O objectivo é passarmos a fase de grupos”, adiantou.

O Benfica defronta domingo (21:15) o Vitória de Setúbal, em jogo da terceira jornada da Liga portuguesa, que vai ser arbitrado pelo portuense Vasco Santos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.