João Correia, advogado do Benfica, admitiu que uma ou outra correspondência pode indicar algum "tráfico de influência".

"De tudo o que conheço, até agora ouvi dos mais altos dirigentes do Benfica, não há um momento de corrupção e tráfico de influencia, apesar de uma outra correspondência isolada indiciar nesse sentido. Posso garantir que corrupção é zero", afirmou João Correia em declarações à SIC Notícias.

Sobre a intimação a quem abriu os emails, o advogado garante que o Benfica "não viola lei nenhuma e age em legítima defesa", ao considerar que se trata de uma "invasão da vida privada do Benfica".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.