O Famalicão foi até Setúbal vencer o Vitória local por 2-1 e subir ao 5.º lugar da I Liga, com 52 pontos, ultrapassando dessa forma o Rio Ave. No final do encontro, o treinador do Famalicão admitiu que quer segurar uma vaga europeia.

"Foi um jogo duro contra uma equipa dura. Muito difícil para nós. Foi uma vitória muito importante, sempre acreditámos na forma de chegar ao golo e à vitória.  A primeira parte foi difícil, não conseguimos controlar o jogo da melhor forma e dominar totalmente. Permitimos que o adversário tivesse algumas saídas. Numa bola parada em que fomos incompetentes permitimos que o adversário empatasse e desconcentrámo-nos nessa fase", admitiu João Pedro Sousa.

O técnico admitiu ainda que a vitória "vai ao encontro dos nossos objetivos, que são manter uma posição europeia, mas faltam muitos minutos e há equipas muito competentes", salientando ainda que a equipa ficaria triste se perdesse o lugar.

"Iríamos ficar tristes, é indiscutível, porque foi a nossa mensagem e discurso desde o início. Estávamos em primeiro e sempre dissemos que queríamos segurar o lugar, sabendo que seria difícil ou praticamente impossível continuar nos lugares cimeiros. Mas isso não nos impedia de trabalhar durante a semana. Com a ambição que temos, reconheço que seria triste perder esta posição. Mas também será impensável sentir um amargo de fracasso ou o que quer que seja. Os jogadores estão de parabéns e fizeram um trabalho fantástico. Vamos lutar com todas as forças para segurar este lugar, não prometendo que o vamos segurar", rematou João Pedro Sousa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.