Rui Vitória não tem só um braço-direito no seu capitão. O técnico encarnado pode contar com a experiência de vários jogadores para manter o grupo concentrado para os três jogos que faltam até ao final do campeonato.

Segundo avança o jornal Record, Luisão, Jonas, Salvio, Júlio César e Pizzi são alguns dos elementos que ajudam o técnico 'encarnado' a manter o plantel em alerta.

Rui Vitória não é fã de interferir no ambiente entre os vários jogadores, preferindo manter a vigilância e apenas entrando em ação quando considera que tem de o fazer.

Desta forma, o treinador conta com este rol de jogadores para manter o foco na conquista do inédito tetra. Jonas, por exemplo, é um dos elementos mais respeitados do plantel e, a par de Júlio César, ajuda a formar um grupo que os outros jogadores seguem. Também o guarda-redes, apesar da menor utilização, tem sido fundamental em transmitir a sua experiência aos mais novos.

Pizzi e Salvio surgem também como elementos importantes, ao formarem eles próprios jogadores e ao fomentarem o espírito de união dentro de plantel, recordando que é preciso concentração e seriedade para atacar a fase final desta ´peoca.

O grupo procura informar que este não é tempo para euforias. A diferença pontual é reduzida e o Benfica não pode relaxar. Luisão tem sido essencial, no seu papel como capitão, em aplicar a ideia de Rui Vitória, que se deve olhar para este campeonato jogo a jogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.