“Fiz uma boa época nos juniores, tendo treinado algumas vezes com a equipa principal, e as pessoas já falavam sobre a possibilidade de realizar a pré-época nos seniores. Vejo esta situação com muito agrado e espero corresponder, não defraudando quem acreditou em mim”, disse à agência Lusa Carlão.

O médio, de 18 anos, que normalmente joga na posição seis, agradece este “passo importante” que lhe proporcionaram, considerando-o “muito bom para evoluir e ganhar experiência”, ao mesmo tempo que se adapta a uma nova realidade.

“O ritmo aqui [nos seniores] é mais elevado, existe mais competitividade, mas vou procurar o meu espaço na equipa”, garantiu à Lusa Carlão.

Apreciador do espanhol do Benfica Javi Garcia, o camisola 28 dos “castores” define-se como “um médio centro que disputa cada lance como se fosse o último”, mas que também gosta de ter a bola.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.