O ex-futebolista considerou os encarnados favoritos no clássico da 22.ª jornada da Liga NOS, mas acredita que tudo pode acontecer, uma vez que os dragões têm o "orgulho ferido".

"O favorito é o Benfica, é a equipa que está a jogar melhor, a fazer muitos golos, está unida. Isso foi importante na fase má do Benfica, os jogadores uniram-se, os jogadores ficaram ao lado do treinador, isso é muito importante no futebol. Não é o jogo em que possa dizer o Benfica vai ganhar de caras. O

FC Porto vem ferido, isso pode dar mais força. É um jogo em que tudo pode acontecer", afirmou, em declarações à agência Lusa.

O agora treinador, que se assume como benfiquista mas diz ter jogado no FC Porto "com todo o prazer", deixou os encarnados em 1996 para rumar ao Paris Saint-Germain, mas na temporada seguinte regressou a Portugal para representar o FC Porto e, por isso, utilizou a sua experiência para afirmar que Maxi Pereira provavelmente não esquecerá o seu regresso ao Estádio da Luz.

"Fui formado no Benfica, já passei por isso, é muito complicado. Pelo FC Porto voltei ao antigo Estádio da Luz, ainda por cima cresci no Benfica, fui habituado àquele estádio e de repente estar do outro lado a ser assobiado e insultado é muito complicado, e penso que Maxi Pereira vai sentir isso. É um regresso que se calhar nunca vai esquecer na vida dele", sublinhou.

Agora treinador, o antigo internacional português comanda o Coruchense, do Campeonato de Portugal, o clube da terra de José Peseiro, que dá nome ao estádio municipal, a quem deseja toda a sorte para o seu percurso nos 'azuis e brancos'.

"[José Peseiro] É uma pessoa da terra que todos gostam, até o estádio se chama José Peseiro, as pessoas ficaram contentes com isso [a ida de José Peseiro para o FC Porto] e eu desejo-lhe toda a sorte do mundo. Tive o prazer de o conhecer pessoalmente e espero que as coisas corram bem a uma pessoa muito acarinhada aqui em Coruche", afirmou.

Já sobre Rui Vitória, Kenedy deixou-lhe elogios, destacando a união que se vê no Benfica entre jogadores e treinador.

"Dou os parabéns ao 'mister' Rui Vitória, que chegou ao Benfica com uma realidade diferente do que estava habituado a viver, uma mudança também no esquema do Benfica, apostando muito em jovens e dando prioridade em vez de contratar jogadores com renome, mas neste momento o Benfica está muito bem", reiterou.

O antigo futebolista, assumido benfiquista, na hora de fazer um prognóstico não teve dúvidas: "2-0 ganha o Benfica, golos de Jonas e Mitroglou"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.