O Benfica e o Sporting são os dois últimos resistentes na capital portuguesa, que no final da 28ª jornada, perdeu mais um clube para outra divisão. Em dois anos, Lisboa perdeu metade dos seus clubes, com a descida do Belenenses. Na época passada foi o Estrela da Amadora a descer, por razões económicas.

O Belenenses viu consumada a descida à Liga de Honra, depois de ter perdido em Guimarães por 2-0. Apesar de na época passada ter “subido” depois da despromoção do Estrela da Amadora à II Divisão, envolto num grave problema financeiro, esta temporada parece que o facto vai ser mesmo consumado.

Histórico do futebol português, é o quarto clube com mais presenças no escalão principal, atrás dos três “grandes”, e conseguiu a proeza de conquistar o título nacional em 1945/46.

Se esta temporada é o emblema do Restelo, em 2008/09 foi o Estrela da Amadora que não sobreviveu à falta de dinheiro e que apesar do 11º lugar alcançado pelo plantel, que não recebeu qualquer salário durante toda a temporada, o clube “tricolor” foi remetido à II Divisão, já que com dividas nenhum clube está apto a inscrever-se para as ligas profissionais.

Perante este cenário, apenas os “colossos” Sporting e Benfica podem, agora, representar a capital. Se a sul já eram poucas as equipas, e ainda não é certa a permanência quer do Vitória de Setúbal, quer do Olhanense, que lutam pela permanência com o Leixões, o leque agora ficou bem mais reduzido.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.