Um golo de Jonas, aos 11 minutos, foi o suficiente para o Benfica vencer hoje na receção ao Feirense por 1-0, no encontro que inaugurou a 10.ª jornada da I Liga de futebol.

No final do jogo, o treinador do Feirense, Nuno Manta Santos, admitiu que ambas equipas procuraram ganhar o jogo com as armas que tinham à sua disposição e lamentou que a sua equipa não tenha conseguido enervar o Benfica.

"Foi um bom jogo, muito competitivo, entre duas equipas que tentaram ganhar o jogo, cada uma usando as suas armas. O Benfica entrou forte, sabíamos que ia entrar forte, porque é sua característica, e nós não entrámos bem a defender e não fomos capazes de enervar o Benfica. O Benfica fez o 1-0 e depois começámos a equilibrar o jogo", começou por dizer Nuno Manta Santos.

Em relação à exibição do Feirense no Estádio da Luz, Manta Santos mostrou-se satisfeito com a entrada da sua equipa na segunda parte, mas mostrou-se desiludido com a derrota.

"Na segunda parte entrámos bem, fomos fortes. No final o jogo voltou a ficar mais desequilibrado depois de subirmos as nossas linhas. Não era isso que queríamos. Perdemos, o Benfica somou três pontos, o Feirense não", atirou Manta Santos.

Questionado sobre as palavras de Caio Secco sobre as ideias de acreditar nos objetivos da equipa, Nuno Manta Santos sublinhou as palavras do guardião brasileiro.

"Sublinho a ideia de acreditar. A nossa cultura é essa, tentar ganhar. Agora, vamos continuar a trabalhar. É sempre possível discutir os resultados, disputar os jogos. Se não pensarmos assim, não vale a pena", sentenciou Nuno Manta Santos.

A vitória mantém o Benfica no terceiro lugar do campeonato com 23 pontos, os mesmos do segundo, o Sporting, que joga ainda hoje em casa do Rio Ave, enquanto o Feirense é nono com 11.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.