Luís Filipe Vieira enalteceu este sábado a recuperação financeira do Benfica na última década, num discurso proferido na Conferência Internacional de Empreendedorismo, que decorre nos Açores.

«A frieza dos números diz-nos que, tendo partido rigorosamente do zero, conseguimos em dez anos transformar o Benfica no 11.º maior clube do mundo a nível de bilheteira e no 17.º maior a nível de receita comercial. Tudo isto com o mesmo nível de receitas televisivas que tínhamos em 2001», afirmou o presidente do Benfica, sublinhando o peso a nível global do clube da Luz: «De uma marca descredibilizada, a marca Benfica passou a valer, nos dias de hoje, acima dos 250 milhões de euros

A crise económica que o país atravessa mereceu ainda uma comparação com o emblema que lidera. Para o presidente dos encarnados, a oposição não podia ser maior: «Enquanto o Benfica estava falido, o país, na altura, mantinha um bom músculo financeiro. Situação diferente daquela que vivemos hoje, em que o Benfica está financeiramente equilibrado, enquanto o país está no estado em que sabemos.» 

Por fim, Vieira elogiou ainda a Benfica TV pela sua sustentabilidade económica. «É o único canal de um clube, a nível mundial, que é rentável. Todos os restantes canais – Barcelona, Real Madrid, Manchester, Inter – são canais que perdem dinheiro», frisou. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.