"Ultrapassámos praticamente a situação de risco. As coisas estão a evoluir muito bem e, se tudo continuar assim, espero que na próxima semana já possamos tirá-lo da ventilação, mantendo a medicação para controlar as dores. Penso que se pode dizer que o pior já passou", afirmou o médico responsável pelo acompanhamento de Manuel Machado, em declarações à Antena 1 - Madeira.

O treinador, de 54 anos, abandonou este sábado o coma induzido em que esteve quase uma semana, depois de ter sido internado a 27 de Novembro, devido a complicações após a realização de uma cirurgia.

Contudo, não se afigura muito provável o regresso aos bancos nesta época, face ao longo período de recuperação que deverá enfrentar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.