O treinador do SC Braga, Leonardo Jardim, considerou que o triunfo sobre a União de Leiria por 2-1 foi inteiramente justo, uma vez que o adversário não criou muitas situações de perigo.

«Já esperava dificuldades da União de Leiria, sabíamos que vinha jogar com linhas muito baixas e tivemos que desenvolver um futebol com movimentações e criação de espaços e isso criou-nos alguma fadiga. Tivemos 30 minutos muito bons, depois perdemos capacidade de pressionar. O adversário reagiu nos últimos 15 minutos da primeira parte», começou por dizer Leonardo Jardim.

«Na segunda parte, entrámos outra vez fortes, mas o desgaste era grande e não conseguimos pressionar e só depois de reformular a nossa estrutura conseguimos voltar a controlar a partida, mas mesmo com dificuldades, criámos inúmeras situações de finalização e o melhor jogador do adversário foi o guarda-redes. A União de Leiria fez um golo num lance aparentemente inofensivo e relançou animicamente o jogo. Tivemos que ser não tão artísticos, mas mais guerreiros», acrescentou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.