Inconformado, o presidente do Nacional da Madeira, Rui Alves, anunciou que o clube vai avançar para a impugnação do alargamento da Liga.

«Vamos fazer mais duas impugnações, primeiro no que diz respeito ao alargamento por liguilha, depois também relativamente à proposta, aprovada também pelo que eu chamo de bloco dos albaneses do futebol, no sentido de haver apenas uma descida da Liga de Honra aos quadros não profissionais», revelou o dirigente do clube madeirense.

Esta tarde, em Assembleia de clubes da I e II Ligas, à qual só faltou a Naval 1º de Maio, ficou aprovado o alargamento da Liga a 18 clubes e da II Liga a 22. A subida ao principal escalão vai ser feito através de liguilha, disputada entre os dois últimos classificados da Liga e o terceiro e quarto classificados da II Liga.

No entanto, o documento terá de ser ratificado pela Federação de futebol, em Assembleia Geral marcada para 13 de maio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.