“Merecíamos a vitória porque soubemos neutralizar o Braga. Tivemos muitas oportunidades de golo para ampliar o resultado”. Foi desta forma que António Pinto, técnico-adjunto do Leixões analisou o encontro da 12ª jornada, onde o Braga se deslocou a Matosinhos para conseguir apenas um ponto.

António Pinto esteve a substituir José Mota, que está castigado, desde o banco e dar ordens aos jogadores do Leixões. “Os jogadores fizeram uma exibição extraordinária. Pensei que íamos ganhar este jogo”, desabafou.

O técnico-adjunto desmentiu o facto de os leixonenses estarem a jogar à defesa, após o auto-golo de Moisés. “Foi a posse de bola que nos empurrou para trás”, justificou.

No final da conferência de imprensa, realizada no auditório do estádio do Mar, António Pinto congratulou os jogadores pela forma como jogaram e lamentou as consecutivas expulsões dos seus jogadores nas partidas do Leixões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.