Paulo Andrade, antigo administrador da SAD leonina, mostrou-se bastado agastado com as 'guerras' internas no Sporting que têm atrasado o clube. Em entrevista à Rádio Renascença esta terça-feira, Paulo Andrade sublinhou que Frederico Varandas não vai conseguir resolver o problema.

"São os varandistas, croquetes, roquetistas, brunistas e sportingados. É um problema que tem de acabar de vez, e é preciso alguém que as pessoas vejam como um elo de ligação e acabe de vez com estas guerras", começou por dizer.

O antigo dirigente leonino pede uma auto-análise a Frederico Varandas para este "momento extremamente difícil".

"Quando estamos à frente de uma organização e no topo da pirâmide, temos de ser os primeiros a analisar a forma como estamos a conduzir e se temos, ou não, condições para continuar. É o dia-a-dia. Neste momento, o que se está a passar é um momento extremamente difícil e que me deixa profundamente preocupado", desabafou, afirmando que está preocupado por ver o Sporting perder pontos "onde outras equipas que não lutam pela Europa não perdem" "Isto está a começar muito mal", alerta, na entrevista à Rádio Renascença.

Na derrota com o Famalicão em casa, Paulo Andrade recusou a ideia de a equipa ter perdido por não contar com Bruno Fernandes, castigado.

"Sem o Bruno Fernandes, o Sporting tem de ganhar aos 'Famalicões' deste campeonato. Mal de nós, ainda por cima perder em casa. São estas situações que colocam os sportinguistas numa situação de natural insatisfação. Temos de dar a volta a isto", concluiu.

O Sporting ocupa a 7.ª posição da Liga após seis jornadas. Os 'leões' estão a sete pontos dos rivais Benfica e FC Porto, equipas que até já perderam um jogo cada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.