Paulo Madeira acredita que os três 'grandes' ainda vão fazer somas avultadas nas vendas de jogadores. Em entrevista exclusiva ao SAPO Desporto, o antigo defesa central do Benfica, agora empresário de futebol, acredita que Benfica, FC Porto e Sporting vão realizar transferências de jogadores por valores elevados.

"Seguramente, tanto o Benfica, como o FC Porto e o Sporting vão fazer, no mínimo, 3/4 vendas por números altos, estou convencido disso. Até porque a qualidade do jogador português é enorme. Hoje em dia, olhamos para a nossa seleção e compara com as restantes seleções do mundo e, se formos coerentes, não ficamos atrás de nenhuma seleção. Em termos de qualidade, em termos individuais, não estou a ver muitas seleções acima da nossa. Acho que, se tivermos jogar com qualquer seleção a nível mundial, irá sempre ser um jogo taco a taco, nunca irá pender para nenhum dos lados", referiu o antigo central, falando também do Sporting, que terá de começar a época mais cedo, devido ao play-off da Liga dos Campeões.

O Sporting vai disputar a pré-eliminatória da Liga dos Campeões, tem de se começar a época mais cedo. Tem alguns jogadores na Taça das Confederações e isso implica também a gestão em termos desse jogo. E esta é uma competição sempre importante em termos financeiros para os clubes. O Sporting vai partir em desvantagem porque tem alguns jogadores importantíssimos na taça das Confederações, como é o seu guarda redes, como é William Carvalho, Adrien Silva. E é normal que esses jogadores, quando acabarem as Confederações, vão ter os seus dias de férias e obviamente que atrasa um bocado esta pré-epoca que o Sporting possa fazer. Sei que vem no jornal que adquiriram o Bruno Fernandes, penso que será uma boa aquisição para o Sporting, e em relação a ser o primeiro dos clubes a começar, por um lado pode ser vantagem mas com muitos jogadores na taça das confederações vai limitar um pouco a pré-época", afirmou Paulo Madeira.

FC Porto vai ter uma nova filosofia mas jogadores nas Confederações poderá condicionar pré-época

"O que vejo é que falam dos tais 100 milhões, não sei se é verdade ou mentira, se há essa obrigação do FC Porto. O que é facto é que o FC Porto, neste mercado de transferências, vendeu o melhor ativo que teria, que é o André Silva, um grande jogador. Agora saindo o André Silva, o FC Porto vai reforçar-se nessa zona. Eu diria que para os clubes grandes o mercado ainda está parado. Fala-se muito de nomes mas em termos de movimentações certas não há grande variação. O FC Porto vai começar a pré-época, com uma nova filosofia, um novo treinador, eventualmente com ideais diferentes do treinador antigo, deve querer impor a sua filosofia de jogo. Penso que Sérgio Conceição ainda poderá ver algumas saídas e algumas entradas. mas ainda está tudo muito prematuro. Há alguns jogadores do FC Porto que estão ao serviço das suas seleções na Confederações, como é o caso do Layún, do Herrera, que estão ainda a disputar a competição e eles ainda não estão de férias também. Com grandes clubes, jogam nas grandes seleções e isso condiciona os grandes clubes", explicou o ex-jogador do Benfica, que não deixou de falar do antigo clube.

"Acho que no Benfica ainda está tudo muito prematuro. Acho que há alguns jogadores do Benfica ainda vão sair. Vão sair por números que o Benfica, nos últimos anos, tem habituado a deixar as pessoas de boca aberta, porque são números altos. Estou convencido que o Nelson Semedo possa sair. Apesar de não se falar muito agora, também se disse que o Grimaldo podia sair. Acho que está um bocado em embrião. Sabemos que venderam dois jovens, um guarda redes e um central, o Ederson e o Lindelof. Obviamente que para esses lugares vão contratar seguramente um guarda-redes e eventualmente um central, se bem que, na posição de central, o Benfica em termos da equipa B tem lá dois jogadores com um potencial enormíssimo, que é Rúben Dias e o Kalaica. Em termos de guarda-redes, fala-se muito de André Moreira, do Atlético de Madrid. De resto, em termos do meio campo, o Benfica tem os mesmos jogadores da época passada, tem um Pizzi que se fala muito que pode sair, também por números altos. Na frente, há o Mitroglou e o Raul Jiménez. O Jiménez, que e outro jogador que está na Taça das Confederações e ainda está em competição. Tem mostrado que é um jogador com um potencial enormíssimo. Eu acho que está muito calmo mas ainda vai haver muitas agitação neste mercado".

Futebol português tem evoluído favoravelmente

"A lógica do futebol português tem de ser vendedor e não comprador. O futebol português, nos últimos anos, tem-nos habituado a serem vendidos jogadores para o estrangeiro por números muito altos. Se analisarmos a nível europeu, a dimensão do nosso futebol em relação aos outros países, Portugal é o país que vende jogadores com preços muito elevados. Isso é sinal de qualidade, é sinal que os clubes portugueses estão a trabalhar bem, que os outros clubes vêem o mercado português. É sinal de uma evolução do nosso futebol e esse é o caminho. Recordo-me há uns anos atrás, na era FC Porto 2004, em que o FC Porto, quando foi campeão europeu, vendeu praticamente a equipa toda por números altíssimos. Vejo hoje em dia o Benfica a vender jogadores por números altíssimos. É sinal da qualidade dos jogadores, que se não tiver qualidade também não se vende. E depois é sinal de como os clubes estão a trabalhar esses jogadores. Veja-se o Benfica. Hoje em dia, vamos à equipa B do Benfica e temos jogadores com qualidade fora de série. Olhamos para a nossa seleção sub-21, com jogadores muito bons. Neste Europeu podiam ter ido mais além, cada onze que jogava houve algumas alterações mas quem jogava tinha tanta qualidade ou mais daqueles que jogaram antes. É uma geração de jogadores jovens fantástica, que tem de se aproveitar. Acho que o futebol português está a evoluir favoravelmente. Agora, acho que existe uma grande discrepância entre os clubes grandes e os clubes de menor dimensão. Temos de tentar que o fosso não seja tão grande. Obviamente que os jogadores não podem jogar todos em clubes grandes, mas não pode haver tanta discrepância em termos salariais entre os três grandes e os clubes mais pequenos", explanou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.