Visivelmente desagrado no final do encontro, Pepe comentou a derrota do FC Porto em Famalicão, considerando que os 'dragões' foram superiores, mas acabaram por ser vítimas da maior eficácia demonstrada pelo adversário.

"É difícil explicar. Criámos tantas oportunidades para matar o jogo e não conseguimos marcar. Na primeira parte, o Famalicão praticamente não saiu do seu campo. A segunda começou com aquele remate. Fomos superiores, mas eles tiveram dois remates e fizeram dois golos", lamentou o defesa internacional português.

Pepe admitiu ainda que este estava longe de ser o resultado desejado para este retomar da competição. "Não é o resultado que queríamos. Mas há que ter calma, ter os pés no chão e continuar a trabalhar para que no futuro próximo possamos marcar golos. Há que levantar a cabeça! Faltam nove jornadas, a equipa tem de correr atrás. Já mostrámos que nunca desistimos. Não é o recomeço que tanto desejaríamos, mas temos de acreditar naquilo que nos fez chegar à frente do campeonato", sublinhou o central 'azul e branco' na flash interview que se seguiu ao encontro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.