O PGA Tour, principal circuito norte-americano de golfe, anunciou hoje que vai reforçar a sua política antidopagem através da realização de análises ao sangue, na próxima temporada.

Além desta nova política, que entra em vigor em outubro, o circuito também revelou a lista de substâncias banidas de acordo com a Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Os exames ao sangue vão permitir que seja detetado qualquer uso da hormona de crescimento humano, uma das substâncias proibidas, que não é possível detetar através da urina, cujas análises vão continuar a integrar o plano antidoping do circuito.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.