O Sporting sofreu para vencer o Santa Clara por 2-1, em jogo da 5.ª jornada da Primeira Liga. Os golos dos leões foram apontados por Pedro 'Pote' Gonçalves. Thiago Santana fez o tento dos açorianos, que somaram o terceiro jogo sem vencer na Liga. Já o Sporting chega aos 10 pontos e continua sem perder (tem um jogo a menos). Os leões saltaram para o segundo lugar da prova.

Com Vietto prestes a ser transferido para o Al Hilal da Arábia Saudita e sem os lesionados Eduardo Quaresma e Tabata, Rúben Amorim usou a mesma equipa que empatou 2-2 na ronda anterior com o FC Porto, com João Mário a ficar no banco mais uma vez. No lado do Santa Clara, destaque para a estreia do central uruguaio Christian González.

De referir que este foi o segundo jogo caseiro do Santa Clara com público no estádio, desde março, altura em que o desporto (e o mundo) parou por causa da pandemia de COVID1-19. Foi a primeira vez que o Sporting atuou com o público nas bancadas desde que o futebol voltou em junho, após interrupção provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Primeiro tempo de domínio do Sporting, com o Santa Clara a ter muitas dificuldades para sair a jogar. Os açorianos falhavam demasiados passes fáceis e raramente conseguiam servir os avançados Thiago Santana e Carlos Júnior em condições. O meio-campo era todo do Sporting, pelo que Daniel Ramos teve de mudar Carlos Júnior para a ala, Lincolm na outra, e apostar num 5-4-1, para tentar parar os leões.

Veja o resumo do jogo.

Só aos 17 minutos se viu a primeira chegada a área leonina por parte dos de Daniel Ramos. Adan teve de se aplicar para tirar um bola que ia para a cabeça de Thiago Santana.

Já os leões mandavam, com Pedro Gonçalves e Nuno Santos muito ativos na frente. O ex-Rio Ave assustou logo aos três minutos, num remate fortíssimo.

O primeiro golo do jogo é do Sporting, aos 20 minutos. Excelente Jovane, o falso 9 de Amorim, a baixar para receber e lançar Pedro Gonçalves. O antigo jogador do Famalicão entrou na área e disparou forte, com a bola a passar entre o poste e o guarda-redes Marco. Vantagem da equipa que mais procurou o golo.

Com o jogo dominado, o Sporting vai sofrer o empate no único remate do Santa Clara à baliza. Erro de Coates na saída, a bola chegou a Thiago Santana que correu, passou por Adán e atirou para a baliza deserta, aos 42. Quinto golo do avançado brasileiro nesta edição da I Liga, ele que marcou todos os golos do Santa Clara esta época na prova. Com este tento, Thiago Santana chegou aos 13 nos jogos que disputou na I Liga desde que chegou ao clube, tornando-se assim no melhor marcador de sempre dos açorianos na divisão maior do futebol português.

Rúben Amorim tentou melhorar a sua equipa no segundo tempo, com várias mexidas. Lançou Tiago Tomás e Sporar nos lugares de Jovane e Luis Neto, baixando Nuno Mendes para central e colocando Nuno Santos com ala esquerdo, aos 57 minutos. Aos 67 foi João Mário a entrar para o posto de Matheus Nunes. Isto numa fase em que o Santa Clara já não permitia tanto espaço ao Sporting, equipa que começou a ter dificuldades em controlar a partida. O 5-4-1 de Daniel Ramos funcionava, o relvado, muito castigado e irregular, dificultava a circulação de bola do Sporting e a atuação dos jogadores mais tecnicistas.

Respondeu Daniel Ramos com Osama Rashid, Rafael Ramos e Nené nos postos de Anderson Carvalho, Sagna e Costinha.

Numa altura em que o Santa Clara defendia mais compacto, era importante para o Sporting concretizar as oportunidades criadas. Só que a noite não era de Sporar: aos 73 recebeu um centro de Porro na direita mas o seu cabeceamento foi para fora, quando tinha tudo para marcar. Aos 77 é João Mário a cruzar rasteiro, na direita mas o avançado voltou a falhar o toque para golo. Impressionante! Das duas vezes que o Sporting tinha conseguido 'furar' a 'muralha' açoriana, não conseguiu marcar.

Com o Sporting a carregar nos derradeiros minutos, o 2-1 apareceu aos 81 minutos, num erro monumental do guarda-redes Marco. Pedro Gonçalves foi lançado em profundidade, o guardião açoriano saiu da baliza, falhou a bola e 'atropelou' o colega João Afonso, deixando o esférico para Pedro 'Pote' Gonçalves que só teve de encostar para a baliza deserta.

O empate esteve nos pés de Jean Patrick, lançado o segundo tempo, mas seu remate acrobático saiu por cima, aos 89 minutos.

O Sporting chega aos 10 pontos em quatro jogos (tem um jogo em atraso) e continua sem perder nesta liga. Esta é a terceira derrota fora de casa, que venceu todos os jogos até agora longe de Alvalade para a I Liga. Já o Santa Clara somou o terceiro encontro sem vencer, nesta que foi a segunda derrota seguida na prova.

Veja o resumo do jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.