O Conselho de Disciplina da Federação de Portuguesa de Futebol decidiu arquivar o processo disciplinar a Rúben Dias, após suposta agressão do defesa do Benfica ao central do SC Braga Raúl Silva, ocorrida no jogo do passado dia 15 de fevereiro.

O lance diz respeito ao minuto 45'+1, coincidindo com o golo de João Palhinha, que acabou por dar a vitória aos minhotos, e resultou num processo por queixa do clube bracarense. No seguimento do lance, tanto Rúben Dias como Raúl Silva viram a cartolina amarela.

De acordo com o jornal Record, o processo demorou mais do que o habitual a avalizar uma vez que os prazos protocolares foram suspensos durante a pandemia da COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.