Depois de Pedro Madeira Rodrigues, também José Maria Ricciardi, outro dos candidatos à presidência do Sporting, reagiu à apresentação da providência cautelar por parte de Bruno de Carvalho.

"Não perco tempo com Bruno de Carvalho, os sócios já responderam democraticamente", disse o empresário em declarações citadas pelo jornal 'O Jogo'

"Temos de nos concentrar no presente do Sporting, que é o jogo de amanhã. O campeonato ganha-se jogo a jogo e estamos aqui a tentar ganhar o campeonato. O futuro é o Sporting poder voltar a ser uma entidade sustentável para poder ser competitivo e ser campeão no futebol e nas modalidades", acrescentou.

"Não devemos dar muita importância às turbulências que aparecem. Prejudica muito o Sporting, tira confiança, afasta investidores, desmotiva os sportinguistas. Devíamos concentrar-nos no fundamental, que é o presente e o futuro, e não no passado. Temos de encontrar boa solução e deixar as pessoas trabalharem até lá", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.