O treinador do Benfica, Roger Schmidt, falou à flash interview à Sport TV após o empate 2-2 em Guimarães.

"Era um jogo para ganhar, mas era difícil, ainda para mais nestas circunstâncias. Foi um bocadinho lotaria. Marcámos no último minuto, um ponto é melhor do que nada, temos de aceitar, não foi fácil, estivemos atrás do resultado, aceitamos", começou por explicar.

"Tivemos de ajustar o estilo de jogo, era difícil fazer combinações, tivemos de jogar de forma completamente diferente, tentar não cometer erros e tentar usar erros para marcar golos. Jogámos com Arthur como avançado centro na segunda parte, precisávamos de uma referência", prosseguiu.

"Perdemos dois pontos, o objetivo é sempre ganhar, teremos de vencer jogos no futuro", concluiu.

Depois, na sala de imprensa, Schmidt fez ainda questão de elogiar a exibição do seu guarda-redes, Trubin, destacando uma defesa efetuada pelo ucraniano quando o resultado estava em 2-1 para o V.Guimarães.

"Marcámos quase no último minuto e temos de aceitar que um ponto é melhor do que nada, foi um resultado justo. Trubin defendeu uma bola importante, seria o 3-1, mas na minha opinião foi resultado justo", aceitou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.