Rúben Amorim, treinador do Sporting, considera que a sua equipa fez um jogo competente frente ao Belenenses SAD (2-0) e explicou as mudanças na equipa no embate desta noite.

"(...) Roubamos muito bem a bola. Tivemos vários cruzamentos, boa reação à perda, bom controlo e não demos oportunidades ao Belenenses, fizemos um jogo competente", começou por analisar.

Alterações com a entradas de Nuno Santos e Neto para os lugares de Feddal e Jovane

"Eles durante a semana também trabalham. O Neto fez grande semana, o Nuno também. Precisamos de sangue novo. Só temos que trabalhar. Os outros precisam de jogar e precisamos de todos vivos para fazer da equipa mais forte."

Utilização de quatro laterais no jogo

"São os rapazes que correm com mais em intensidade. Temos cinco substituições. temos tanta qualidade, que podemos mudar com as características. É a repetir."

Crescimento da equipa

"Estão mais adultos. Os jogos trazem isso e as vitórias. Tivemos três vitórias, no ano passado e foi o sofrimento que foi. É continuar a trabalhar e temos mais um jogo difícil no fim de semana."

Já João Palhinha, eleito o melhor homem em campo, mostrou-se feliz pelo golo apontado e elogiou a intensidade da equipa.

"Muito feliz pela vitória. Golo é sempre bom, surgiu de um lance que treinamos todos os dias. Metemos muita intensidade e não deixámos o Belenenses ter a bola. Tentamos colocar as nossas ideias em campo. Metemos intensidade. Realçar a intensidade e as boas jogadas e agora cada vez será melhor."

Continuar a crescer no Sporting?

"Estou preocupado em evoluir e crescer e dar o meu melhor."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.