À entrada para a 22.ª jornada, o Sporting lidera o campeonato com nove pontos de avanço sobre o segundo classificado (SC Braga).

Rúben Amorim ainda não assume a candidatura ao título, mas faz questão de destacar a importância de uma eventual qualificação para a Liga dos Campeões.

"Obviamente que é um objetivo muito importante do nosso clube, sempre foi. Sabendo que este projeto a longo prazo precisa de dinheiro, falando mais abertamente. Tudo o que nós pensamos é preciso essa base de jogadores, é preciso valorizar jogadores, é preciso ganhar a capacidade de lançar jovens e conseguir ficar com eles mais tempo. Portanto, isso tudo é uma bola de neve. Sabendo que a Champions League é uma montra que, não só o dinheiro que entra diretamente, depois os patrocínios, depois já estou a entrar numa área que não tem nada a ver comigo... Nós entendemos que é sempre muito importante. Foi um objetivo que nos foi dito desde que chegámos aqui, mas é a ganhar ao Santa Clara que vamos conseguir esses objetivos", observou o técnico, na antevisão ao jogo com os açorianos.

"O objetivo é conquistar jogos, elevar a formação, ganhar títulos mas isso deve ser consequência do trabalho. Aumentou a duração do contrato, mas os objetivos continuam iguais. Jogo a jogo é muito mais fácil de lidar", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.