O ponta-de-lança Rui Fonte disse hoje que o Sporting de Braga quer continuar perto dos três ‘grandes’ e, se possível, chegar mais à frente na I Liga de futebol.

Os bracarenses são quartos classificados, com os mesmos 17 pontos que o Sporting (terceiro), a dois do FC Porto (segundo) e a cinco do líder Benfica.

"Estamos perto, mas eles não deixam de ser os três ‘grandes’, têm outra capacidade para atingir os seus objetivos, mas temos a nossa ambição, sabemos da exigência do clube e dos adeptos e estamos a fazer o nosso melhor", disse, frisando que a equipa ainda só perdeu uma vez no campeonato.

À margem de uma iniciativa do clube num centro comercial da cidade, Rui Fonte lembrou que o Braga está "com os mesmos pontos que o Sporting e perto do FC Porto. O Benfica está um bocado mais distante", notando que a equipa quer "estar assim e, se possível, chegar um bocadinho mais à frente".

Apesar da boa classificação no campeonato, a equipa tem sido alvo de críticas pelas exibições rubricadas, algo que o jogador diz compreender.

"Compreendo, porque os adeptos têm a sua exigência e o Braga quer chegar perto dos três ‘grandes’ e temos que entender isso, só nos faz bem, passa a ambição deles para nós", disse.

No sábado, o Sporting de Braga volta a jogar em casa (depois do triunfo por 1-0 sobre o Desportivo de Chaves na última jornada), agora diante do Belenenses, equipa que, nos últimos quatro jogos do campeonato, averbou duas derrotas e dois empates e que já mudou de treinador.

O avançado, que já alinhou pelos ‘azuis’ do Restelo, notou que o Belenenses "é sempre uma equipa complicada, apesar de não estar a passar uma boa fase".

"Não há jogos fáceis neste campeonato, provou-se isso no jogo com o Chaves, e vai ser muito difícil com certeza", disse.

Na quinta-feira, os ‘arsenalistas’ jogam uma ‘cartada’ importante na Liga Europa, ao receberem os turcos do Konyaspor.

"Está difícil, mas não acabou, temos dois jogos em casa, são dois jogos decisivos, mas temos capacidade para ganhar em casa ao Konyaspor e, depois, fora, ao Gent", avaliou.

Desvalorizou ainda um eventual cansaço, até porque "sendo um jogo das competições europeias, a motivação e a adrenalina de jogar esses jogos ajuda a recuperar mais rápido", considerou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.