Santa Clara e Portimonense empataram a uma bola na Cidade do Futebol, na 27.ª jornada da I Liga. Os algarvios estiveram a vencer mas permitiram o empate dos açorianos, igualdade essa alcançada mesmo a jogar com menos um. As duas equipas somam uma vitórias e dois empates desde o regresso da I Liga, após a paragem devido a COVID-19.

Veja as melhores imagens do jogo

Os açorianos, que venceram o Sporting de Braga e empataram fora com o Vitória de Setúbal no regresso do campeonato, procuravam manter-se invictos nesta fase, numa altura em que tem a manutenção praticamente assegurada.

Já os enquanto os algarvios, que venceram o Gil Vicente e empataram com o Benfica, tentavam somar sete pontos em nove possíveis e assim alimentar a esperança numa permanência na Primeira Liga, já que a equipa entrou para esta ronda a cinco pontos da zona de salvação.

João Afonso e Rafael Rafael Ramos deram os primeiros sinais para os insulares na Cidade do Futebol, a sua 'casa' emprestada neste regresso da Liga. Aos 18 pediram penalti por mão na bola na área dos algarvios mas o árbitro mandou seguir.

Sempre melhores em jogo, o Santa Clara esteve muito perto do golo aos 22 minutos mas o guarda-redes Gonda negou o tento a Thiago Santana com uma grande defesa. Aos 34, nova defesa do guarda-redes japonês, agora a remate de Rashid.

Ao intervalo, Paulo Sérgio trocou Jackson Martínez por Ricardo Vaz Té, na tentativa de dar mais frescura ao ataque.

A equipa algarvia vai chegar ao golo aos 61 minutos, após canto. Willyan fez valer a sua estatura para cabecear para o fundo das redes do Santa Clara.

E tudo ficou pior para a equipa de João Henriques quando o árbitro Gustavo Correia, alertado pelo VAR, foi ver no monitor uma jogada entre Lincolm e Hackman, aos 75 minutos. O árbitro mostrou vermelho direto ao jogador do Santa Clara.

Mesmo com menos um, os açorianos continuavam melhores. Gonda foi chamado novamente a intervir aos 78 minutos para evitar o golo do empate, de João Afonso. Só que, ao escorregar no relvado, o nipónico tocou no pé de João Afonso, que caiu na área. O VAR voltou a chamar o árbitro, que foi rever a jogada no monitor. Marcou grande penalidade que Rashid não desperdiçou. O Santa Clara empatava, mesmo a jogar com menos um.

A reviravolta podia ter chegado aos 84 minutos, num contra-ataque dos açorianos em superiordade numérica mas desperdiçaram a oportunidade.

O Portimonense ''carregou' nos instantes finais e até podia ter sido surpreendido em contra-ataque mas Gonda travou o último remate do jogo.

Com este empate, o Santa Clara está cada vez mais perto de assegurar a permanência na I Liga, ocupando o oitavo lugar, com 35 pontos, mais 14 do que os algarvios, que estão no 17.º posto, o primeiro abaixo da linha de despromoção, com 21 pontos, a quatro do Paços de Ferreira, a primeira equipa situada na zona de salvação e que cumpre o seu compromisso nesta ronda na quarta-feira, recebendo o Belenenses SAD.

Veja o resumo do jogo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.