O Benfica voltou a ceder pontos e durante o encontro que terminou com o empate 1-1 com o Farense em pleno Estádio da Luz, Roger Schmidt, treinador das águias, foi alvo de muitos protestos por parte dos adeptos encarnados. A revolta dos benfiquistas presentes no recinto subiu de tom no momento das substituições, em especial quando o alemão tirou de campo João Neves. O treinador não gostou da reação dos adeptos e virou costas ao jogo para olhar para as bancadas.

Após o encontro, e já depois de ter falado na flash interview, Roger Schmidt foi à sala de imprensa (ao contrário do que havia feito há uma semana, no empate em Moreira de Cónegos, alegando então não haver tradutor), mas não se alongou muito, respondendo a uma questão sobre essa tal revolta dos adeptos antes de dar por concluída a conferência de imprensa.

"Quero agradecer aos adeptos que apoiaram muito o que os jogadores fizeram até ao último minuto. Mas quem não quiser apoiar a equipa, que fiquem em casa. Se não são capazes de apoiar depois do que os jogadores fizeram hoje, voltem depois quando formos campeões e formos para o Marquês", afirmou.

"Para estar como estiveram hoje, com os jogadores a fazer o que fizeram, se não respeitam o treinador, então é melhor ficarem em casa. Não é aceitável para mim", reforçou.

"Eu adoro a minha equipa, o clube e cada jogador. Vejo o que eles estão a fazer pelo Benfica, por este clube incrível. Mas não posso aceitar uma reação destas. Percebo que cada adepto tenha a sua opinião sobre o que deve ser feito no campo. E entendo se eles não estejam felizes se não estivermos a jogar bem, por não lutarmos, por não trabalharmos por não corrermos, mas se fazemos tudo isso e mesmo assim, não chega e se é apenas porque falhámos muitas oportunidades, é muito difícil perceber", presseguiu o alemão.

"Vou pensar no que aconteceu hoje. Se eu sou o problema e se o Benfica precisa de um treinador que faça as substituições que os adeptos querem, não há problema. Eu vou embora e outro pode substituir-me e talvez faça melhor. Se eu sou o problema, eu dou lugar a outro que faça melhor do que eu", terminou, antes de deixar a sala de imprensa.

Veja as melhores imagens da partida

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.