O Sporting divulgou esta terça-feira no Relatório e Contas enviado à Comissão de Mercado e Valores imobiliários a existência de um processo no Tribunal Arbitral da Liga Portuguesa de Futebol contra o FC Porto, onde reclama 25% da mais-valia (a cima de 11 milhões de euros) gerada pela venda de João Moutinho ao Mónaco.

Segundo o documento, os “leões” reclamam cerca de 1,8 milhões de euros, além dos 4,625 que foram entregues ao clube de Alvalade na altura da venda. De acordo com o documento divulgado pelo Sporting, o processo já estará perto do fim, faltando apenas a leitura da sentença. Neste processo só será possível um único recurso da parte das entidades envolvidas.

Recorde-se que João Moutinho e James Rodríguez foram vendidos num “pack” conjunto, que rendeu um valor global de 70 milhões de euros (25 pelo português e 45 pelo colombiano). O internacional português foi contratado ao Sporting por 10 milhões, mais 50% do passe de Nuno André Coelho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.