Tarantini, jogador do Rio Ave, congratulou-se com a apresentação do projeto ´Goal`, que visa formar e preparar os jogadores de futebol para o final de carreira, numa iniciativa do Sindicato de Jogares Profissionais de Futebol.

O jogador admite que é difícil conciliar a carreira com o profissionalismo, mas sublinha que há que estar preparado para isso.

"É muito difícil, mas é a nossa vida que está em causa. Mas devemos estar preparados para isso", referiu, à margem da apresentação do projeto ´Goal`, que teve lugar esta quinta-feira no Pavilhão multiusos de Odivelas.

Tarantini acredita que a formação lhe deu instrumentos para ser ainda melhor jogador.

"Acredito que sou melhor jogador pela formação que tive. Acho que a formação é uma bela forma de os jogadores perceberem onde estão envolvidos", declarou.

A uma jornada do fim do campeonato, Tarantini acredita que o sexto lugar da I Liga ainda é possível. De recordar que o 6.º posto dá acesso à Liga Europa. O médio e capitão do Rio Ave aproveitou para a perspetivar a partida com o Belenenses.

"Queríamos levar isto para a última jornada. Jogo com o Belenenses? Vamos acreditar como no ano passado como é possível", atirou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.