A partir do retomar da I Liga as equipas vão ser testadas uma vez antes de cada encontro. O grupo de especialistas de saúde constituído pela Federação Portuguesa de Futebol reuniu-se com a Direção-Geral de Saúde e ficou acordado que todas formações terão de ser submetidas ao rastreio de COVID-19 nas 24 horas que antecederem cada partida.

O plano inicial desenhado pela DGS apontada para a necessidade de realização de um teste 48 horas antes do encontro e outro o mais perto possível do início do mesmo. Agora, contudo, a solução final encontrada passa pela realização de apenas um desses testes no período de 24 horas antes da partida.

Tal alteração prende-se com o facto de, conhecido o calendário dos jogos até ao final do campeonato, se ter percebido o escasso intervalo que irá ter lugar entre cada uma das partidas a disputar pelas equipa. Assim, foi considerado que a realização de apenas um teste seria não só suficiente, como o ideal.

O reatamento do principal campeonato português de futebol - que terá lugar a 3 de junho, com dois jogos, o primeiro dos quais a opor Portimonense e Gil Vicente - consta no plano de desconfinamento do Governo face à pandemia de covid-19, que provocou o a suspensão, adiamento e cancelamento de praticamente todas as competições desportivas.

A Bundesliga foi reatada em 16 de maio, sem público e com fortes restrições, em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal está previsto o reinício das competições, enquanto França, Bélgica, Escócia e dos Países Baixos cancelaram os campeonatos.

*Artigo publicado originalmente às 10h29

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.