O extremo peruano André Carrillo afirmou que escolheu jogar na equipa de futebol do Sporting por ser um «clube sério», garantindo que o grupo orientado pelo técnico Domingos Paciência quer ir longe.

«Escolhi o Sporting porque é um clube sério. Todos temos vontade de ir longe e trabalhamos para isso», disse o jogador, segundo o sítio oficial do clube na Internet.

O jovem peruano, que chegou esta época ao Sporting proveniente do Allianza Lima, deixou também elogios aos adeptos do clube.

«É muito bom pertencer a um clube em que todos os adeptos apoiam os seus jogadores. Estão sempre a aplaudir-nos e a gritar pelos nossos nomes. Isso é mesmo muito bom para qualquer equipa e nós temos sorte de ter uma família assim, que está sempre presente. É esse apoio que nos dá tranquilidade durante o jogo», referiu.

A equipa de futebol do Sporting voltou hoje a preparar a estreia na Taça de Portugal, frente ao Famalicão, numa sessão que decorreu na Academia em Alcochete, à porta fechada.

Os casos clínicos do plantel são o médio russo Izmailov, que recupera da terceira cirurgia ao joelho direito, e o extremo espanhol Jeffren, que está na fase final da recuperação de uma lesão muscular.

O técnico do Sporting não pôde contar com os internacionais Rui Patrício e João Pereira (Portugal), Rinaudo e Insúa (Argentina), Elias (Brasil), Matias Fernández (Chile), Onyewu (EUA), Rodriguez (Peru), Bojinov (Bulgária), Schaars (Holanda) e André Martins (Portugal sub-21), todos ao serviço das respetivas seleções.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.