Estava tudo empatado a zero golos no encontro entre Boavista e Sporting até que Bruno Lourenço fuzilou a baliza de Adán aos 46 minutos, já em tempo de descontos do primeiro tempo.

Um golo monumental depois de uma jogada conduzida por Kenji Gorré e que ficou coroado com o bis através da marcação de uma grande penalidade.

Um jogo de sonho e um golo de sonho.

Veja o momento

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.