Foi lançado esta quinta-feira o manifesto eleitoral da candidatura de Luís Filipe Vieira às eleições para a presidência do Benfica, agendadas para 30 de outubro. Nele, o atual presidente das 'águias' recorda o realizado nos 17 anos que já leva como líder do clube, apresenta as ideia-chave da sua candidatura e aponta os grandes objetivo deste seu novo projeto, entre farpas deixadas às candiaturas adversárias.

"17 anos de Presidência são a melhor carta de apresentação que um candadito ao maior clube desportivo português pode apresentar", começa por ler-se no manifesto, que acrescenta que "em 17 anos os Benfiquistas passaram a conhecer a força, a determinação e o compromisso" do seu atual presidente.

João Noronha Lopes recusou convite de Vieira para ser ‘vice’ no Benfica
João Noronha Lopes recusou convite de Vieira para ser ‘vice’ no Benfica
Ver artigo

O manifesto faz ainda questão de relembrar que Luís Filipe Vieira "não chegou ao Benfica sem qualquer experiência na vertente desportiva" e que, pelo contrário, "conheceu o futebol e os seus meandros numa altura em que o Benfica atravessava a maior crise da sua história", numa clara mensagem aos adversários eleitorais. "Luís Filipe Vieira é o único candidato que os Benfiquistas conhecem, o único com obra feita no Benfica e o único candidato que conhece o mundo do futebol (FPF, LPFP, outros clubes, agentes ou relações internacionais). É o único candidato que não abandonou o Benfica", sublinha o manifesto.

Quanto ao projeto, é dito que "desde que foi eleito Presidente, Luís FIlipe Vieira definiu uma só como Missão para o Benfica: Ganhar". Assim a visão do atual presidente para o Benfica passa por, lê-se no manisfesto, "ser líder nacional com projeção mundial".

O manifesto elenca, depois, os feitos e as conquistas de Luís Filipe Vieira desde que assumiu o trono das 'águias' e há ainda espaço para mais farpas aos seus oponentes.

"Ser político ou gestor não é suficiente para liderar o Benfica. O Benfica precisa de um grande líder, com elevada capacidade empreendera", sublinha o manifesto, antes de deixar uma mensagem direta aos adeptos: "Terão de um lado um conjunto de candidatos com muitas críticas e poucas ideias para o futuro, e do outro um presidente com obra feita e novos projetos para os próximos quatro anos", aponta Luís Filipe Vieira neste seu manifesto a umas eleições na qual concorrerá contra João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva, Francisco Benítez e Bruno Costa Carvalho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.