Vítor Baía teceu duras críticas à atual liderança do FC Porto, garantindo que, se fosse presidente do FC Porto, a "primeira coisa" que faria era "correr" com a estrutura do clube.

"O presidente do FC Porto tem problemas de saúde. A grande revolta é que as pessoas que dão facadas ao presidente do FC Porto estão ao seu lado, com ele no dia a dia. Antero Henrique? Não vou falar. Os líderes é que escolhem as pessoas que estão ao seu lado. Se o escolheu, foi por algum motivo. Se fosse presidente corria com a estrutura? Era a primeira coisa que fazia. Acabava com todas aquelas relações promíscuas que existem e recolocava o clube na senda da honestidade e seriedade", atirou Baía num programa da CMTV.

Baía falou ainda sobre a hipótese de formalizar uma candidatura à presidência do clube. "Candidatar-me contra Pinto da Costa? Neste momento não me passa pela cabeça essa situação. Eu tenho sido, ao longo dos últimos anos, a única voz crítica em relação aquilo que tem sido a política desportiva do FC Porto. As pessoas parecem que têm medo, têm receio [de falar]. Não percebo porquê. Eu estou à vontade", referiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.