Filipe Gouveia foi hoje anunciado como treinador do Vilafranquense e afirma que o objetivo é garantir a manutenção na II Liga de futebol com um "campeonato tranquilo", esperando retribuir a confiança da direção com "trabalho e profissionalismo".

"Relativamente ao plantel, vamos acreditar nos que cá estão e é com esses que vamos à luta", disse o técnico, adiantando que até 31 de agosto, data do encerramento do mercado de transferências, vai analisar se "entrará mais algum jogador ou não".

O Vilafranquense ocupa a 18.ª e última posição da II Liga, com apenas um ponto em três partidas, porém, Filipe Gouveia assevera que o objetivo passa por "lutar jogo a jogo pelos três pontos".

​​​​​​​Sobre o regresso a um clube português, o antigo médio, de 48 anos, afirma que é um sentimento especial.

"Foram dois anos na Arábia Saudita, num contexto complicado, numa cultura difícil, mas estou contente por ter aceitado este desafio de levar o Vilafranquense o mais longe possível", descreveu, garantindo que regressa "mais experiente".

O treinador, que substitui Carlos Pinto no​​​​​​​ comando técnico, assinou contrato por uma temporada e vai estrear-se no banco de suplentes dos unionistas, no próximo domingo, na visita ao Mafra, a contar para a quarta jornada do campeonato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.