O treinador César Peixoto e a sua equipa técnica cessaram funções no Desportivo de Chaves, anunciou hoje o clube da II Liga portuguesa de futebol.

Em nota publicada no sítio oficial na Internet, o clube transmontano agradeceu a César Peixoto e à sua equipa técnica “por todo o profissionalismo, competência e dedicação” durante a permanência no clube.

“A todos os referidos profissionais endereçamos as maiores felicidades pessoais e votos de sucesso nos seus novos desafios profissionais”, refere a nota.

César Peixoto, de 39 anos, que tinha começado a época na Académica, também na II Liga, assumiu o comando do Desportivo de Chaves em 19 de dezembro, após a saída de José Mota.

Em 12 partidas, até à interrupção do segundo escalão, à 24.ª jornada, devido à pandemia de COVID-19, o treinador somou três vitórias e quatro empates, deixando o emblema de Chaves no 12.º lugar, com 32 pontos.

No plano de desconfinamento, o Governo definiu que a I Liga, suspensa após a realização de 24 das 34 jornadas previstas, e a final da Taça de Portugal, entre Benfica e FC Porto, vão poder ser disputadas, mas excluiu a continuidade da II Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.