Daniel Ramos, técnico do União da Madeira, equipa que garantiu recentemente o acesso à Liga de Honra, não deverá continuar no cargo na próxima época, disse à Lusa fonte do clube.

Ainda assim, o ainda treinador dos unionistas e o presidente Jaime Lucas, estiveram reunidos na noite de quarta-feira, tendo ficado assente que o clube esperará apenas até domingo pela resposta de Daniel Ramos.

Numa recente entrevista à RTP - Madeira, Ramos deu a entender que não iria continuar, pelo facto de se encontrar longe da família.

Caso se concretize a sua saída, existem dois nomes na calha: João Santos, treinador do Canicense, que disputou a série Madeira da III divisão nacional, e João Abel, ex-adjunto de Ivo Vieira no Nacional.

Com a subida à Liga de Honra já decidida a favor de ambos, o União da Madeira recebe na sexta-feira o Atlético, no último jogo da fase de promoção, em que disputam o título de campeão nacional da II Divisão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.