Dito confirmou hoje, à agência Lusa, a saída do Sporting da Covilhã, depois de ter chegado a acordo com o presidente do clube da II Liga de futebol, José Mendes, para uma rescisão por mútuo acordo.

"Eu e o presidente entendemos que a equipa necessitava de uma liderança diferente neste momento e chegámos a um acordo", disse hoje, em declarações à agência Lusa, o até agora técnico do clube serrano, que ainda não oficializou a saída de Dito.

O técnico esteve reunido ao início da noite de terça-feira com o presidente serrano e o treino de terça-feira foi ministrado pelos dois adjuntos que chegaram ao clube com o treinador principal no início da temporada, Pedro Duarte e António Oliveira.

Hoje, os dois elementos da equipa técnica estiveram no Complexo Desportivo da Covilhã, mas já não participaram do apronto, orientado por Luciano Vítor, o treinador de guarda-redes.

Dito, como é conhecido no mundo do futebol Eduardo Mendez, de 56 anos, chegou ao Sporting da Covilhã no início da época, mas sai do clube sem ter conseguido qualquer vitória em casa e deixa a formação serrana no penúltimo lugar do campeonato e eliminada da Taça da Liga.

Jogadas seis jornadas, os 'leões da serra' somam cinco pontos, uma vitória, dois empates e três derrotas.

O técnico chegou ao Sporting da Covilhã com o objetivo de fazer uma época tranquila, embora tenha realçado a dificuldade de construir quase todo um plantel, já que apenas oito jogadores transitaram da temporada anterior.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.